Curiosidades do skate pelo mundo

Desde sua aparição, o skate faz parte da cultura pop mundial. Algumas curiosidades ajudam a história do skate pelo mundo entre diversos fatos relevantes à sociedade e esporte.

Sumário

Skate No Brasil

A primeira pista de skate da América Latina foi inaugurada em 4 de dezembro de 1976 no município de Nova Iguaçu, na praça Ricardo Xavier da Silveira, em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

A pista também foi palco da primeira competição de skateboard em pista do Brasil, em junho de 1977. Hoje é o sétimo esporte mais praticado no Brasil.

Saiba mais no documentário Praça do Skate — A Primeira Pista da América Latina

Praça do skate

O Circuito Brasileiro de Skate Profissional foi inaugurado em 1989 na categoria street style. O vencedor foi o paulistano Rui Muleque.

Foi realizado pela União Brasileira de Skate (UBS). A disputa conta hoje com provas passando por estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Brasília, realizadas pela Confederação Brasileira de Skate (CBSk).

No ano de 1995, Rodrigo de Menezes conquistou o primeiro título mundial de vertical para o Brasil.


Em março de 1999, foi fundada em Curitiba a Confederação Brasileira de Skate (CBSk), a entidade que regulamenta as normas e políticas voltadas ao desenvolvimento do skate (skateboard) no território brasileiro.


Em julho de 2021, Rayssa Leal foi medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 e a mais jovem medalhista olímpica do Brasil de todos os tempos.

Jogos Olímpicos: A conquista de um espaço historicamente masculino nos  Jogos Olímpicos | Jogos Olímpicos 2021 | EL PAÍS Brasil
Rayssa Leal durante evento nas olimpíadas.

Na Noruega

Proibido na Noruega no período entre 1978 e 1989: a posse ou venda de skateboards eram proibidos.

A proibição era devido à quantidade elevada de ferimentos causados pelo skateboard. A proibição levou os skatistas a construir rampas nas florestas e em outras áreas isoladas para evitar a polícia.


Nos Estados Unidos

A empresa californiana Roller Derby Skate Company manufacturou e começou a vender o “Skate Board” em 1963. Esse skate sem rolamentos foi o primeiro produzido em massa e era muito parecido com o modelo Bun Board, de madeira, vermelho, estreito e plano, fabricado e vendido em baixa escala por Alf Jensen seis anos antes, em 1957.


Tucson, no estado americano do Arizona, tem o privilégio de ser a cidade onde se construiu o primeiro skatepark da história. Chamada de Surf City, a pista foi inaugurada em 3 de setembro de 1965 pela Arizona Surf City Enterprises, com presença de Patti McGee.


En 1963, na Pier Avenue de Hermosa Beach, na Califórnia, realizou o primeiro campeonato de skate que se tem registro. Não se tratava apenas de andar de skate: ali os skatistas começariam também a medir suas habilidades em diferentes disciplinas, como slalom e freestyle.


A história das rodinhas é vasta, um capítulo à parte na história do skate. Elas começaram a ser produzidas e comercializadas em larga escala nos anos 50. Mas no início eram de metal. Nos anos 60, os fabricantes, vendo que elas não funcionavam bem, criaram uma alternativa feita de barro. A velocidade melhorou, mas a baixa aderência fazia com o que o controle fosse complicado. Além disso, elas duravam pouco. Nos anos 70, apareceu Frank Nasworthy e inventou as rodas de uretano, que mudaram a história.


A “Thrasher” é a Bíblia do skate. Todo skatista conhece a revista, lê e segue sua página na internet. Ela foi fundada em janeiro de 1981, por Kevin Thatcher, Eric Swenson e Fausto Vitello; e seu atual dono é o filho de Fausto, Tony Vitello.


Nos anos 1990 relatou-se publicamente que o Corpo de Marines dos Estados Unidos testou o skateboard em combate urbano. Mais perto do possível: “Para manobras em construções/prédios para detectar fios (detectores de movimento e detonadores de minas) e fogo de atiradores”.


Em 2012, Tom Schaar, skatista norte-americano com 12 anos tornou-se o primeiro skatista realizar a manobra 1080 graus (três voltas completas no ar).

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no reddit